Porque é que alguém colocaria um gigantesco botão “Remover-me”?!

05 Mar
05/03/2014

Sim, porquê? Foi o que pensámos quando recebemos a newsletter da Easelly há alguns meses. Ora reparem bem neste “call-to-action”:

 
“Unsubscribe”? A sério? Inicialmente até achávamos que era só um lapso textual (há um outro link de remoção, muito mais pequeno, no rodapé do email), mas afinal trata-se mesmo do link real de remoção – quem clicar naquele mega-botão “Unsubscribe” vai ter à página de remoção da lista.

Bom, pode acontecer a qualquer um. Mas o realmente estranho é que só há cerca duma semana (e já depois do envio de mais duas outras newsletters com o mesmo problema) a Easelly reparou no erro e tirou o botão.

Mas como foi possível?

Provavelmente um engano no template. O pessoal da Easelly deve ter criado a newsletter com base no modelo de um email de confirmação de remoção mas esqueceram-se de mudar o próprio botão. É daquelas situações em que pedir a alguém para rever o email antes de enviá-lo ajuda a evitar hecatombes :)

Mesmo assim, é possível que neste caso a hecatombe tenha sido só um tombinho, pois o link de remoção não remove logo à primeira (é preciso clicar depois outra vez em “remover” para sair da lista, o que também não é nada bom, mas falaremos disso noutro artigo). Portanto, como não deve ter havido um surto de remoções, a Easelly demorou a reparar na falha. Mas ainda bem que resolveram o problema, porque enviam sempre emails pertinentes e directos ao assunto (além de terem um dos mais práticos e simples serviços de criação de infográficos online que já vimos). Esperemos que tenha sido uma boa lição de marketing para a Easelly – e um aviso para todos nós :)

Tags:
Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Facebook

Twitter