A Internet em Portugal

02 Set
02/09/2011

O crescimento do mercado online em Portugal têm sido exponencial, tanto em número de internautas, como na taxa de penetração da Internet nas casas dos Portugueses, como na utilização dos meios digitais para a divulgação de empresas, marcas, produtos ou serviços.

Segundo o Lisbon Internet and Networks Institute, que apresentou no final de 2010 um trabalho sobre a internet “A utilização da internet em Portugal 2010”, quase metade dos Portugueses têm já a internet em casa (48,8%), equivalendo a universo de mais de 5 milhões de pessoas só em Portugal Continental.

Ainda no mesmo estudo verifica-se que de 2003 a 2010 a evolução de utilizadores de internet em Portugal cresce de 29% para 44,6%, cenário que tende a evoluir favoravelmente com a massificação da oferta dos ISP, com preços cada vez mais acessíveis juntando os incentivos permanentes por parte da classe política na instalação de rede digitais por todo o País. No mesmo estudo verifica-se que as idades compreendidas entre os 15 e 34 anos representam 63% do total dos utilizadores sendo os homens os que estão em maioria com 48,3 em comparação com o sexo feminino que representa cerca de 41,1%.

Quanto á ocupação profissional, conclui-se neste estudo que estes utilizadores pertencem a quadros superiores, estudantes e profissões técnicas, científicas ou artísticas. Os profissionais liberais e empregados de escritório fazem também parte deste segmento.

Em relação às actividades realizadas conclui-se neste estudo que a comunicação, informação e entretenimento são as áreas com mais procuradas.

Das práticas mais generalizadas será a recepção e envio de e-mails, a utilização dos serviços de instant message (MSN, Facebook mensagens, etc) e finalmente a procura de notícias online que continua a crescer. Não se pode no entanto esquecer das redes sociais, tais como, o Facebook, Twitter, Linkdin, Hi5 entre outros que têm hoje uma importância crescente no panorama digital, sendo que segundo o estudo, 56,4% dos internautas em Portugal utilizam já estas redes.

Outro dado interessante é que cerca de 88,7% da população Portuguesa têm um telemóvel tendo este dispositivo um enorme potencial no Marketing Digital no acesso às pessoas independentemente onde elas estejam. Esta tendência do uso do Marketing no mercado móvel já se verifica nos Estados Unidos, país que muitas vezes serve de tubo de ensaio e define tendências para o resto do mundo. O mercado móvel começa em 2011 a ser explorado pelas grandes empresas em todo o mundo e o crescimento da venda de “tablets” vêm confirmar esta aposta.

Fonte: Networks Institute

Tags:
Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Facebook

Twitter