Archive for month: Junho, 2011

Hackers Atacam Website da Apple

30 Jun
30/06/2011

O grupo de hackers intitulado de YGN Ethical Hacker Group alertou hoje que os website da Apple para desenvolvedores do iOS e Mac está totalmente exposto de forma a que criadores de malware podem realizar ataques de phishing para obter acesso ao login e senha dos usuários.

Segundo o NetworkWorld, o grupo encontrou três brechas de segurança no site, incluindo redirecionamentos de URL arbitrários, scripting de site cruzado, e divisão de resposta HTTP. Isso poderia permitir que crackers arbitrariamente redirecionem para outras URLs, além de facilitar ataques de phishing contra as credenciais de acesso dos desenvolvedores.

O grupo YGN informou ter alertado sobre as brechas à Apple em Abril, que teria respondido de imediato estar ciente do ocorrido. Entretanto, as falhas de segurança ainda persistem no site.

Fonte: NetworkWorld

Ranking de Publicidade Online – EUA

29 Jun
29/06/2011

O Facebook tornou-se recentemente a 3ª empresa que mais vende publicidade digital.

Mais de dois terços da publicidade online, vão para apenas 5 empresas nos Estados unidos em 2011, segundo um estudo recente lançado pela eMarketer americana.

A consolidação da publicidade online têm vindo a solidificar-se ano após ano, com as empresas americanas a perceberem do potencial deste tipo de publicidade, complementando o mix da comunicação (televisão, rádio e jornais). A Google lidera a quota de mercado com cerca de 41% do bolo total da publicidade online. Por sua vez a Yahoo e a AOL estão a perder uma fatia do mercado muito considerável. O fenómeno Facebook, irá chegar aos 7%, ultrapassando a Microsoft que surge em último lugar.

Os ganhos da Google vêm maioritariamente do Adwords e dos “searchs” no motor de busca. Curiosa é a crescente subida do motor de busca “Bing”, que começa a arrecadar para a Microsoft uma pequena mas crescente quota de mercado que já referi. O quadro abaixo revela as subidas e descidas das 5 maiores empresas de publicidade online.

Fonte: eMarketer

Google Contra-Ataca com Nova Rede Social – Google+ Project

29 Jun
29/06/2011

Esta terça-feira, o Google anunciou aquele que deve ser o seu trunfo contra o Facebook e o Twitter: o The Google + Project, que se apresenta como uma rede social que vêm acrescentar algo ao mercado .

Ainda em fase de testes e disponível para pouco usuários, o Google + promete ser diferente do Facebook no que toca à privacidade. No Google +, segundo informações do The New York Times, os usuários não têm que concordar em ser amigos uns dos outros. Eles podem receber actualizações dos outros sem partilhar as suas próprias histórias. Os usuários da rede social poderão também organizar suas páginas de forma que só seus amigos vejam suas fotos do sábado a noite, por exemplo.

Essa segmentação será possível através do “Circles”, nome que já foi apontado como sendo o nome da rede social no passado e que faz referência aos círculos sociais da vida real. No site do projecto, o Google explica que com o “Circles “,”fica mais fácil colocar os seus amigos de sábado a noite num círculo, os seus pais em outros, e seu chefe em um círculo próprio – exactamente como na vida real”. No site que apresenta o projecto mais detalhadamente, o Google defende: “o problema dos serviços online actuais são que eles consideram todas as pessoas que conhecemos são nossos amigos e a forma como compartilhamos a informação com nossos contactos nem sempre pode ser a mesma.”

Já o Hangouts traz para internet o encontro não planeado que existe na vida real. O usuário recebe uma actualização de que um amigo está conversar por vídeo com outros e pode-se juntar a ele. Quem estiver a falar fica no centro, e os demais participantes aparecem em janelas menores logo abaixo. “Enquanto o teletransporte não chega, essa é a próxima melhor coisa”, brinca o Google no site do projecto Google +.

A partilha de conteúdo promete ser bastante fácil no Google +. Com o “Instant Upload”, uma foto ou um vídeo feito através de um dispositivo móvel do usuário é carregada directamente. A única coisa que o usuário tem que fazer é decidir com quem irá compartilhar a foto ou o vídeo. O smartphone é um dos focos do projecto, que conta com o já conhecido Local, serviço que permite que o usuário compartilhe sua localização. O Google + apresenta também o Huddle, por meio do qual o usuário pode falar com mais de um amigo de um círculo num chat simples em que todos aparecem na mesma página do smartphone.

Receber conteúdo e dividi-lo com quem gosta das mesmas coisas que o utilizador é outra preocupação do projecto do Google. Através do Sparks – faísca, em inglês – o usuário pode receber indicações de coisas que possam lhe interessar e encontrar pessoas sobre as quais falar. Um blog novo, um vídeo que você não viu, um texto para ler no horário livre, qualquer coisa que seja de seu interesse e que você tenha dito ao Sparks. O feed seleciona tudo que é tipo de conteúdo disponível na internet em 40 idiomas.

Fonte: O DiaOnline

Google vs Paypal – Pagamentos por Telemóvel

27 Jun
27/06/2011

A Google e o Paypal estão extremamente optimistas quanto ao uso de pagamentos por telemóvel num futuro muito próximo.

O presidente executivo da Google, Eric Schmidt, prevê que nos Estados Unidos um terço das caixas das lojas, já terá o dispositivo para pagamento das compras por telemóvel até ao final do próximo ano.

A Google está de facto a apostar forte nesta nova forma de pagamento. Recentemente a marca lançou o Google Wallet, que é uma espécie de carteira virtual que se acede através do telemóvel, podendo mesmo realizar pagamentos através deste sistema. A tecnologia usada é o NFC (Near Field Communication), sistema de wireless de curto alcance, que permite a comunicação de sensores de curto alcance

O Google Wallet está já acessível em Nova York e em São Francisco, tendo sido estas as cidades para a Google efectuar os testes da aplicação.

Esta app gratuita estará disponível em todos os smartphones Samsung Nexus S 4G a partir do final do ano.

O rival do Google, o PayPal, também está a canalizar esforços no desenvolvimento de uma tecnologia em tudo semelhante ao do concorrente. O Director Sénior do PayPal, revelou que cerca de 10 milhões de dólares são já transaccionados por dispositivos móveis no site de leilão Ebay, e prevê-se um crescimento acentuado para 2012, de cerca de 3 biliões de dólares.

O PayPal, constatou ainda que cerca de 8 milhões de clientes usam já os dispositivos móveis para efectuar os pagamentos, número que aumentou consideravelmente em comparação com o ano anterior, onde esse número rondava os 6 milhões de clientes.

Prepara-se então mais uma batalha entre dois gigantes do mundo digital!

Fonte: eWeek

A Guerra pela Internet Continua!

23 Jun
23/06/2011

A guerra dos números entre a Google, a Microsoft e o Facebook continua fascinante de seguir. Esta terça-feira a ComScore divulgou, que pela primeira vez na historia da Internet, a Google atingiu um bilião de visitantes únicos em Maio.

A Microsoft manteve a 2ª posição com 905 milhões de visitantes únicos. Galopante continua a ser a rede social Facebook, totalizando cerca de 714 milhões de visitantes, com previsões de continuar numa curva ascendente. Por sua vez o Yahoo continua numa previsível descida, totalizando cerca de 689 milhões de visitantes.

A ComScore, site que recomendo para visitas diárias para quem trabalha em marketing digital, começou a medir o tráfego de visitantes únicos em 2006. Naquela época a Microsoft liderava o mercado com 539 milhões de utilizadores, que acediam aos diversos sites da marca. A Google tinha já uma quota de mercado significativa com cerca de 496 milhões de visitantes únicos por mês.

A partir de 2006, a Google inicia o seu domínio, impulsionada por excelentes serviços como o Gmail e o YouTube, que a levaram á conquista do primeiro lugar.

Contudo a partir de 2010, surge um “player” no mercado que trouxe uma mudança de paradigma na forma como os utilizadores navegam na internet. O Facebook, rede social originalmente criada para uma universidade americana de prestígio, não parou mais de crescer, levando a que os utilizadores passem grande parte do seu tempo na internet nesta nova plataforma de marketing digital. Por sua vez as empresas, interessadas no números de visitantes, mas também no tempo médio gasto pelos consumidores nas páginas, verificam que o Facebook está a ganhar terreno em relação aos restantes “players” do mercado nesta importante variável.

De acordo com os números da ComScore, o Facebook leva uma clara vantagem no que se refere ao tempo médio gasto por página. Em Maio de 2011, o tempo gasto no Facebook, por internautas, ultrapassou os 250000000000 minutos(!), tendo uma quota de mercado de 66,6% na vertente do tempo gasto por página. A Microsoft ficou em segundo lugar com cerca de 204.000 biliões de minutos gastos nas suas páginas. No último lugar do pódio ficou a Google, com cerca de 13,6%, totalizando cerca de 200 biliões de minutos.

Irei continuar a acompanhar de perto esta interessante disputa, certo que as coisas não ficaram por aqui!

E você quem acha que vai ganhar?

A Nova Publicidade do Facebook

20 Jun
20/06/2011

O Facebook prepara-se para uma nova era de envolvimento das marcas com os consumidores.

Através da Facebook AdExpo realizado no ano passado, onde foram testadas cerca de 100 ideias para evolver os consumidores com as marcas, com diversas agências de publicidade a aceitarem o desafio, saiu uma ideia vencedora protagonizada por Leo Burnett de Chicago.

A nova forma de abordagem à publicidade é fascinante. A partir de uma simples conversa de amigos no Facebook, que envolva alguma marca, irá gerar um questionário no lado direito da tela onde normalmente se pode visualizar a publicidade. Caso o utilizador decida responder ao questionário, este irá ganhar vida própria, permitindo aos amigos comentarem sobre o questionário preenchido.

Esta aberta a porta ao (des)controlo das marcas, não pelas empresas, mas pelos utilizadores!

O Facebook continua ainda a apostar na ligação com as agências de publicidade de forma a tirar o máximo partido das mesmas. Recentemente em Abril lançou um site Facebook Studio, onde os criativos da publicidade e do marketing podem trocar, partilhar e comentar ideias, podendo assim aprender as melhores técnicas de envolver os utilizadores com as marcas.

Será que já entramos na era da Web 3.0?

Nova App gratuita da BBC Worldwide para Android

13 Jun
13/06/2011

A app oficial da BBC para a BBC news foi lançada recentemente, tendo uma limitação, estava só destinada aos utilizadores no Reino Unido.

Read more →

Google Analytics e o Novo Multi-Channel Funnels

13 Jun
13/06/2011

Para um bom desempenho do Marketing Digital, são necessárias os dados referentes às conversões e aos números de transacções provenientes das campanhas realizadas.

Recentemente o Google Analytics através de um novo recurso, o Multi-Channel Analytics Funnel, veio fornecer a todos aqueles que trabalham nesta área, outras informações fundamentais de análise, de forma a perceber como é que o consumidor chega à conversão, isto é, analisando a microconversão, que consiste nos vários factores que influenciaram o consumidor até ao momento da compra.

Esta análise permite então perceber por onde o consumidor passou até ao momento da conversão.

Por exemplo se ele visitou blogs, redes sociais, vídeos, contéudos, etc. Permite assim ao profissional de Marketing analisar os dados e canalizar a comunicação para os canais que geram mais conversões, levando a uma optimização das campanha online.

Assim sendo o Google Analytics vêm trazer mais informações fundamentais, sendo que a medição e a análise de resultados, na minha opinião, é das principais vantagens do Marketing Digital.

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Facebook

Twitter